Rubem Alves (Biografia)

Rubem Alves

Rubem Alves. Psicanalista, educador, teólogo, poeta e escritor brasileiro. Autor de livros e artigos sobre temas religiosos, pedagógicos e existenciais, além de uma série de livros infantis.

Autor e membro da Academia Campinense de Letras e professor-Demérito de UnNICAMP. Cidadão honorário de Campinas, cidade onde morava ao Morrer recebeu a Medalha Carlos Gomes por sua contribuição à cultura.

Sumário
1 síntese biográfica
1.1 morte
2 Obras
2.1 Filosofia da religião
2.2 Teologia
2.3 biografia
2.4 Filosofia da Ciência
2.5 literatura infantil e juvenil
3 Referências

Rubem Alves
Nome Completo Rubem Alves
Nascimento 15 de de 1933
Boa Esperança, Bandeira do Brasil Brasil
Morte 19 de julho de 2014
Campinas, São Paulo, Bandeira do Brasil Brasil
Ocupação Escritor
Nacionalidade Brasileira.
Língua de produção literária portuguesa
Língua materna Português

Síntese biográfica
Rubem Alves nasceu Boa Esperança, Brasil em 15 de setembro de 1933. Entre 1953 e 1957 estudou Teologia no Seminário Presbiteriano de Campinas. Entre 1958 e 1963 foi professor do Instituto Presbiteriano Gammon e pastor na cidade de Lavras (Minas Gerais). Viajou para os Estados Unidos, onde obteve o Mestrado em Teologia no Union Theological Seminary de Nova York e depois o doutorado em Filosofia, no Seminário Teológico de Princeton, em 1969, com a tese de graduação “uma teologia da esperança humana”.

De volta ao Brasil, foi nomeado professor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro. Ele então ensinou no Seminário Presbiteriano de Campinas e desde 1979 na Universidade Estadual de Campinas, onde recebeu o título de Professor Emérito. Publicou numerosas crônicas, ensaios e contos, além de ser seu próprio pensamento o tema de diversas teses, artigos e monografias. Muitos de seus livros foram publicados em diferentes idiomas.

Autor do livro “Teologia da Esperança Humana”, é considerado por muitos estudiosos como uma das personalidades mais relevantes no cenário teológico brasileiro. Propiciou a reflexão sobre uma teologia libertadora, a então Chamada Teologia da libertação. Com a concepção humanista de um messianismo restaurador, desde os anos 60 participou do movimento latino-americano de renovação da teologia.

Sua posição liberal causou sérios problemas em suas relações com o protestantismo histórico e especificamente com os presbiterianos. Ele foi questionado por suas idéias e teve de abandonar o pastorado. Foi dessa experiência que surgiu seu livro “Protestantismo e repressão”, que busca elucidar os labirintos do percurso histórico deste movimento religioso.

Foi-lhe proibido pregar nos púlpitos da Igreja Presbiteriana, o que não impediu que fosse convidado a pregar na Igreja Presbiteriana de Copacabana, no Rio de Janeiro, em 2003, por ocasião das comemorações da Reforma Protestante.

Ele escreveu um livro sobre o futuro da humanidade, “filhos de amanhã”, onde ele tentou como um futuro libertador dependia de categorias que a ciência ocidental desprezou. Lançou ainda um livro intitulado “variações sobre a vida e a morte”, no qual procurou construir uma teologia poética, preocupada com o corpo e com a vida na sua real dimensão.

No início da década de 1980 tornou-se psicanalista da Sociedade Paulista de Psicanálise. Desenvolveu sua teoria e prática psicanalítica em torno da ideia de que o inconsciente é a fonte da arte e da beleza, rompendo com a tradição psicanalítica que descreve o inconsciente como um subuniverso, com um repertório de traumas, repressões e negações, juntamente com impulsos animais destrutivos. Alves se concentra na visão de beleza da pessoa, por si mesma, levando-a a lutar contra o que a oprime e subjuga. Afirma ainda que a psicanálise se deve libertar de dogmatismos cientifizados e que:

“parte da nossa neurose vem do desejo onipotente de ter nossos bolsos cheios de verdades e certezas.”
Morte
Faleceu em 19 de julho de 2014 na cidade de Campinas, onde possuía um restaurante e era considerado Filho Ilustre[1].

Obras
Filosofia da religião
O Enigma da Religião
O que é Religião?
Protestantismo e retaliação
Dogmatismo e Tolerância
Ou Suspiro dois Oprimidos
Teologia
Da Esperança
Creio na Ressurreição do corpo
Variações sobre a vida e a morte
Poesia, Profecia e Magia
Pai Nosso
O Poeta, o Guerreiro e o Profeta
Biografia
Gandhi: a magia dois gestos poéticos
Filosofia da ciência e da educação[editar]
Conversa com quem gosta de ensinar
História de quem gosta de ensinar
A alegria de ensinar
Por uma educação romântica
Entre a ciência e a sapiência: o dilema da educação
Filosofia da Ciência
Conversa sobre Educação
Meditações e crônicas[editar]
Tempus Fugit (livro)
O Retorno e Terno
O Quarto do Mistério
Sobre o tempo e a eterna idade
As contas de vidro e o fio de nylon
Concerto para corpo e alma
Ou amor que acende lua
Literatura infantil e juvenil
A arvore e a aranha
A história dos três porquinhos
A libélula e a tartaruga
A menina, a gaiola e a bicicleta
A menina e o passaro encantado
A operação de Lili
A Pipa e a Flor
A volta do passaro encantado
Como nasceu a alegria
Histórias de insectos
O patinho que não aprendeu a voar
Os morangos

Rubem Alves (Biografia)
Rolar para o topo