Governo de Mussolini

Na primeira fase de seu governo (1922- 1924), Mussolini organizou milícias (tropas) fascistas, que promoveram uma série de atentados terroristas contra os políticos de oposição. As duas principais características dessa fase foram o nacionalismo extremado e a construção de um Estado autoritário. Mussolini, na segunda fase de governo (1925-1939), já reunira poder suficiente para implantar a ditadura fascista na Itália. Tornouse o chefe supremo do Estado, sendo conhecido como Duce (em italiano, aquele que dirige). Com ações violentas, os fascistas reprimiram os protestos sociais dos trabalhadores. 0 governo fascista empenhou-se em fazer da educação pública um meio de impor sua doutrina à sociedade. O ideal básico da educação fascista era submeter o indivíduo à total obediência ao Estado: “Crer, obedecer e combater” era um dos lemas pedagógicos do fascismo.


À medida que o fascismo se firmava como regime de governo, ampliava-se o processo de transformação das instituições educacionais. Isso incluiu, por exemplo, o lançamento de um livro didático único para as classes elementares (1929) e a militarização da vida escolar. Além da escola, os militantes fascistas criaram associações
para jovens, que promoviam festas, competições esportivas, desfiles paramilitares. Em todas essas ocasiões o objetivo era exaltar o respeito às autoridades fascistas e sua doutrina Social.
No Plano eterno , mussolini conduziu a expansão colonial italiana . em maio de 1936, tropas italianas ocuparam adis-abeba, a capital da etiopia. os governos dos paises representados na liga das nações comercias da itália, mas isso ñ deteve o regime fascista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *