Monteiro Lobato (Biografia)

Monteiro Lobato

José Bento Monteiro Lobato. Intelectual. Ele foi um dos escritores mais influentes da literatura infantil no Brasil durante o século XX e pioneiro neste campo da literatura em seu país.

Resumo
1 resumo biográfico
1.1 estudos
1.2 vida literária
1.3 actividade política
1.4 morte
2 obras em destaque
3 fontes

Nome completo José Bento Monteiro Lobato
Nascimento abril 18, 1882, bandeira do Brasil Brasil
Taubaté
Morte 4 de julho de 1948, bandeira do Brasil Brasil
São Paulo
Ocupação Writer
Nacionalidade Brasileira
Gênero das crianças

Resumo biográfico
O escritor brasileiro nasceu em Taubaté (uma cidade no interior de São Paulo) em 18 de abril de 1882. Seu avô, o Visconde de Tremembé, possuía terras em uma região de agricultura e economia decadente desde o final do século XIX.la mãe de Monteiro Lobato era uma filha ilegítima do Visconde.

Sua origem rural parece ter mantido uma sensibilidade bem sintonizada com personagens, situações e paisagens interiores. Suas histórias mestras giram em torno da identidade desse camponês, o controverso Jeca tatu, inevitavelmente atropelado pelo progresso, que nas primeiras décadas do século XX arruinou pequenas aldeias no interior de São Paulo.

Estudo
Como todos os jovens de sua classe social, Monteiro Lobato estudou Direito e se formou em 1904. Em 1907, ele foi nomeado procurador em outra pequena cidade no interior de Areias, e viveu lá por alguns anos. Com a morte de seu avô em 1911, Monteiro Lobato herdou a fazenda para a qual se mudou com sua família em 1908. De lá enviou artigos para a imprensa, colaborando com o jornal O Estado de São Paulo e a Revista do Brasil. Ambos eram veículos de grande circulação e respeitabilidade sólida.

Vida literária
Depois de trabalhar como procurador na cidade Paulista de Areias, ele retornou à capital em 1911 e se entregou completamente à administração dos bens de sua própria família. Monteiro Lobato combinou a profissão de advogado com a de editor, tornou-se proprietário da Revista do Brasil e fundou, em 1919, a Companhia Editora Nacional.

No mesmo ano, vendeu mais de quatro mil cópias . Em 1918, o jornal Urupês tinha três edições, atingindo a estupenda cifra de cinco mil exemplares, reeditado no ano seguinte, em 1919 a obra parece ter atingido os doze mil exemplares. Cidades Mortas vendeu 4 mil durante o ano de seu lançamento, e ambos os livros (Urupês e cidades Mortas) foram reeditados em 1920, quando junto com o novo título Negrinha, continuaram sua carreira de sucesso, totalizando 20 mil cópias em 1920.

Durante seus anos de estudante formou um grupo literário chamado o minaret, e conheceu o escritor Geoffrey Rangel, com quem manteve correspondência por mais de trinta anos, mais tarde compilada no livro La barca de Gleyre, de 1944.

Foi um dos escritores mais influentes da literatura infantil no Brasil durante o século XX.fundador neste campo da literatura em seu país, ganhou popularidade pelo caráter educacional, bem como a diversão, das obras que ele dirigiu a esse público, que constituem metade do total de sua produção literária. A outra metade consiste em numerosos contos, artigos, resenhas, um estudo sobre a importância do petróleo e um único romance, O presidente negro, onde expõe suas idéias sobre Eugenia, superioridade racial e de gênero.

Actividade política
De 1927 a 1931, ele trabalhou como empresário em Nova York. O escritor carioca ficou impressionado com o sistema econômico dos Estados Unidos e tentou criar uma companhia petrolífera em seu país, opondo-se às diretrizes de Getúlio Vargas. Monteiro foi forçado a exilar-se em Buenos Aires, e não pôde retornar ao Brasil até 1941.

O intelectual já na Argentina adscreveu-se ao movimento do modernismo, e cultivou os temas rurais e o estilo naturalista próprios desta tendência. Participou das ideias da “filosofia da identidade nacional”, e opôs-se veementemente à introdução na cultura brasileira das formas de vanguarda européia. Isso foi evidente nos artigos publicados no jornal Estado do São Paulo.

Apesar de sua intensa atividade política, Monteiro Lobato era conhecido basicamente por suas coleções de folclore brasileiro e por seus livros infantis. Dedicou-se à literatura infantil em obras de grande imaginação, nas quais utilizou recursos fictícios como veículos didáticos de diversas matérias de ensino.

Em suas criações infantis, onde seu caráter moralista e sua luta pelos interesses do Brasil estão presentes, funde o fantástico e o pedagógico. O universo mágico é uma espécie de metáfora do seu país, das facetas e problemas das pessoas.

Morte
Morreu Monteiro Lobato, vítima de um acidente vascular cerebral em 4 de julho de 1948, deixando um legado de personagens que tiveram e terão contato com as histórias de Jeca Tatu Saci, Emilia Doll, O Visconde de Sabugosa, entre muitas outras obras. Lobato era conhecido como “o Tornado de Botocundia” e ocupou um lugar de destaque na história da literatura americana.

Obras em destaque
A Chave De Tamanho
A Reforma Da Natureza
Aritmética De Emilia
Pebble caça
Emilia Nos Pais De Gramatica
O Presidente Negro Ou O Confronto De Raças
Reinados de nariz pequeno
Viagem ao céu e ao Saci
Pica-Pau Amarelo
O pequeno nariz Reina
A caça de seixos

Monteiro Lobato (Biografia)
Rolar para o topo