Lady Gaga (Biografia)

Lady Gaga
(Stefani Joanne Angelina Germanotta; Nova York, 1986) cantor americano. Grande diva do pop mais recente e reina quando menos da excentricidade pela estética inovadora que acompanha seus shows e suas aparições em público, os álbuns e singles de sua carreira ainda breve, mas original, repetidamente lideraram as paradas de vendas e mereceram inúmeros prêmios e elogios. Na edição de 2010 dos MTV Video Music Awards, foi a grande triunfante ao levar oito dos treze prêmios a que aspirava.

BIOGRAFIA LADY GAGA
BIOGRAFIA LADY GAGA

Filha de um empresário e de uma assistente de telecomunicações de origem italiana, aos quatro anos começou a tocar piano de boatos, e aos doze já fazia seus pintinhos como compositora. Cursou estudos no Convento do Sagrado Coração, em Manhattan, uma elitista escola privada e católica para mulheres na qual, por essa mesma época, estudavam também outras jovens que alimentariam (embora por outros motivos) as páginas do papel couché: Paris Hilton e Kim Kardashian.

Aos dezessete anos ela foi admitida na Tisch School of the Arts da Universidade de Nova York para estudar música, embora ela tenha deixado alguns meses depois. Rechonchuda e de longa juba morena, iniciou sua carreira artística interpretando canções melódicas ao piano em clubes e pequenas salas de Nova York. Nada fazia pressagiar que logo depois estaríamos diante de um ícone global.

No ano de 2006 Stefani atuou no Lower East Side com cover bands como Mackin Pulsifer e SGBand. Enquanto isso, ela tentou, sem sucesso, colocar seus modelos em algumas gravadoras, e ganhou a vida como compositora para artistas consagrados como Pussycat Dolls, New Kids on the Block, Fergie ou Akon. As coisas mudariam quando conheceu o produtor musical Rob Fusari, com quem iniciou uma relação de trabalho e sentimental. Foi Fusari quem colocou o apelido de Lady Gaga, em homenagem à canção Rádio Gaga de Queen, um dos grupos de Cabeceira De Stefani.

E então ele deu uma volta em sua trajetória. No Lower East Side, onde morava entre Festas e drogas, criou com a artista performance Lady Starlight um show burlesco, vanguardista e dance intitulado Lady Gaga and the Starlight Revue, que já deixava entrever os novos derrotas pelos quais se ia desenvolver a artista, sobretudo os estéticos. Certo dia Akon, que já conhecia suas habilidades como compositora, ouviu-a cantar e decidiu contratá-la para sua gravadora, Kon Live Distribution. Assim começou Lady Gaga a trabalhar, em colaboração com Fusari e outros produtores como RedOne ou Martin Kierszenbaum, no qual seria seu disco de estreia, The Fame.

O primeiro single do álbum, Just Dance, apareceu em abril de 2008, coincidindo com seu distanciamento Fusari, e logo foi número um em países como os Estados Unidos (com mais de 400.000 downloads digitais), Canadá, Austrália ou Reino Unido. Por este trabalho, a nova artista foi nomeada para o Grammy pela primeira vez. O fenômeno Lady Gaga nasceu. The Fame chegou às lojas de discos em agosto, e o segundo single do álbum, Poker Face, co-escrito e co-produzido, como o anterior, por RedOne, um mês depois. Mais uma vez, a música foi número um em cerca de vinte países, incluindo os Estados Unidos, que mais uma vez a colocou no topo da lista Billboard Hot 100 (abril de 2009).

The Fame, uma mistura do electropop e do synthpop dos anos oitenta e dos sons dance, foi um dos discos mais vendidos de 2009 em todo o mundo, com mais de doze milhões de cópias, e chegou a número um em países como Reino Unido, Canadá e Irlanda. As músicas de Lady Gaga eram ouvidas em todas as emissoras de rádio e a artista começava a ser capa na imprensa especializada. Para isso contribuíram, além disso, sua primeira turnê, The Fame Ball Tour; seus vídeos promocionais, cuidados ao detalhe com uma estética cada vez mais condizente com a Lady Gaga que hoje conhecemos, e cinco indicações ao Grammy Awards. Em Just Dance aparece já a Gaga loira platinada; com um relâmpago na bochecha, presta homenagem ao David Bowie de Aladdin Sane, outro de seus referentes. E no Poker Face incorpora sua veia mais sexy e futurista. Poker Face ganhou três indicações no MTV Video Music Awards 2009, incluindo o melhor vídeo do Ano, prêmio que finalmente caiu em Beyoncé (Single Ladies).

Enquanto seus singles começavam a ser número um e seus vídeos arrasavam nas televisões e sobretudo na Internet, Lady Gaga ia forjando seu personagem e sua lenda. Penteados impossíveis, maquiagens extremas, vestiário sideral ou cósmico ou simplesmente quebrador, cenografia cada vez mais sofisticada, coreografias listradas no pornográfico, excentricidades mil e declarações explosivas à imprensa (como quando se declarou hermafrodita) a tornavam cada vez mais popular, e começava a ser habitual que fosse o centro de todos os olhares.

No último trimestre de 2009, Lady Gaga lançou seu segundo álbum de estúdio, The Fame Monster. Ele apresentou Seu primeiro single, Bad Romance, na semana de Moda Primavera/Verão 2010 de Alexander McQueen, em 25 de outubro de 2009. O impacto não poderia ser mais espetacular. Bad Romance foi número um em países como Reino Unido, Canadá, Peru, Alemanha, França, Itália, Irlanda, Espanha, Suécia, Áustria e Dinamarca, e seu vídeo promocional, avaliado pela crítica por seus elementos inovadores, ultrapassou duzentos milhões de visualizações no YouTube, tornando-se o mais visto de todos os tempos.

Este single foi seguido por Telephone (realizado em dueto com Beyoncé e acompanhado por um vídeo de dez minutos), Alejandro e Dancer in the Dark. Para a promoção do álbum, Gaga embarcou em sua segunda turnê mundial, The Monster Ball Tour, anunciada oficialmente em 15 de outubro de 2009. Descrita por Gaga como a “primeira ópera electropop”, a turnê a levaria aos cinco continentes, até junho de 2011, e enfatizaria na Espanha em dois únicos concertos, em Barcelona e Madri, nos dias 7 e 12 de dezembro de 2010. Os ingressos foram colocados à venda em 5 de maio; três dias depois estavam esgotadas.

Em 12 de setembro de 2010 Lady Gaga foi a grande protagonista da gala dos MTV Video Music Awards, no Teatro Nokia De Los Angeles, ao se alçar com oito dos treze galardões a que aspirava: melhor vídeo do ano (por Bad Romance), melhor vídeo pop, melhor vídeo de uma artista Feminina, Melhor Vídeo dance, Melhor Coreografia, melhor direção e Melhor Edição; por Telephone, no que aparece com Beyoncé, levou o de Melhor Colaboração. Gaga, que se apresentou com oito vestidos diferentes (um para cada galardão e entre eles um confeccionado com bifes de bovino que causou estupor), aproveitou a ocasião para anunciar o título de seu próximo álbum: Born This Way, que veria a luz em maio de 2011 e que teve novamente uma extraordinária aceitação, tanto em vendas como em sua avaliação pela crítica musical.

Lady Gaga (Biografia)
Rolar para o topo