Karl Marx, um dos maiores pensadores da humanidade, nasceu em Trier, Alemanha, em 1818. Era i filho de um advogado judeu convertido ao protestantismo. Em 1841 obteve o título de doutor em Filosofia. Em 1847 ingressou na Liga dos Justos, mais tarde Liga dos Comunistas. Substituiu o lema da Liga — “Todos os seres humanos são irmãos” — pelo grito de guerra:

“Trabalhadores de todos os países, uni-vos!”.

Em colaboração com seu amigo Friedrich Engels (1820-1895), redigiu o Manifesto do Partido Comunista, publicado em Londres em 1848.

Por causa de suas idéias e de sua participação em movimentos revolucionários, Marx foi expulso da Alemanha. Após breve estada na França, passou a viver em Londres, na Inglaterra, onde acompanhou de perto as transformações da segunda fase da Revolução Industrial e investigou a fundo a situação de penúria do proletariado inglês.

Em 1864, liderou a organização da I Internacional, associação geral de trabalhadores de todo o mundo, cujo objetivo era preparar a tomada do poder pelo proletariado.

Em 1867, publicou em Londres o primeiro volume de sua obra mais importante: O capital. Os outros dois volumes foram publicados depois de sua morte, com base em manuscritos revistos por Engels.

Em O capital, Marx faz uma análise das sociedades humanas, desenvolve a crítica à economia capitalista e lança as bases do socialismo científico, que luta por uma nova repartição dos rendimentos resultantes do trabalho.

Marx levou uma vida de pobreza e freqüente-mente teve de contar com a ajuda de seus amigos, em particular de Engels, para manter suas despesas e sustentar a família. Faleceu em Londres em 1883.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *