História do Rapel – QUANDO E ONDE FOI INVENTADO?

Você conhece a História do Rapel? Sabia que conhecê-la é um convite a praticar mais um esporte diferente dentre tantas opções que já existem?

Olá, tudo bem?

O Rapel é um esporte radical que teve seu início na França, mas isso especificaremos mais adiante nos tópicos do texto.

A prática consiste em descer uma montanha com auxílio de uma corda dupla que possui freios, esses que auxiliam na segurança do alpinista, ou rapeleiros como preferem ser chamados.

A tradução francesa do termo Rapel, defini o esporte radical como: uma atividade vertical que tem como objetivo permitir o acesso a locais acima do solo ou área de trabalho através de ferramentas específicas, tais como corda, freio, mosquetões, capacetes, ascensores e técnicas de descensão em corda.

Hoje falaremos um pouco mais sobre a história desse desporto esportivo no mundo, e também da origem dele aqui no Brasil, há aproximadamente 15 anos.

Portanto, caso queira conhecer ainda mais sobre a História do Rapel, acompanhe-nos até o final e deixe um comentário. Sua opinião é de suma importância pra que continuemos a trazer um conteúdo de qualidade aqui pro blog.

Sem maiores delongas, vamos lá. Leia conosco!

Origem do Rapel

Bom, agora que já lhe introduzimos ao assunto principal de hoje, a história do rapel, vamos conhecer um pouco da sua origem.

Dados conclusivos sobre a história do rapel encontrados por pesquisadores da área esportiva concluem as informações que lhe trazemos agora.

Leia conosco.

Onde e quando surgiu o Rapel?

História do Rapel
História do Rapel

Mas, onde surgiu o rapel? Quando isso aconteceu? Quem foi o maluco que inventou um esporte de descida de morros também conhecido como montanhismo?

Pode parecer um pouco estranho pra você, pois este país não tem muita tradição quando o assunto é invenção de esportes radicas, mas acredite, ele surgiu na França.

A história do Rapel mostra que no ano de 1879, um francês chamado Jean Charlet-Stranton e seus companheiros Prosper Payo e Frederic Folliguet, fizeram a “primeira” experiência de rapel da história, durante a escalada do Petit Dru, um paredão de rocha coberta de gelo e neve, perto de Charmonix, na França.

É óbvio que o processo de escalada e descida de morros e montanhas existe desde a pré-história, isso não é novidade a ninguém, nem a você nosso caro leitor.

Mas, este homem foi o primeiro, juntos com seus amigos, que resolveu fazer o processo apoiado por uma corda dupla, oferecendo assim maior proteção em um possível imprevisto.

A escolha do nome do Rapel

Jean Charlet-Stranton
Jean Charlet-Stranton

O nome rapel, segundo apontam pesquisadores, veio da expressão que o criador utilizou rotineiramente após o feito ter sido concluído.

Ele dizia: “”je tirais vivement par ses bouts la corde qui, on se le rappelle….” que quer dizer em tradução livre “Quando chegava perto de meus companheiros eu puxava fortemente a corda por uma de suas pontas e assim a trazia de volta para mim…”, ou seja, durante a atividade, ele mantinha a corda presa vigorosamente em sua mão, e se escapasse de um lado, seria retida do outro.

Portanto, ao popularizar-se na Europa, mas principalmente na França, o esporte radical já possuía nome devido ao entusiasta do movimento.

Fatos anteriores a Jean Charlet-Stranton

Além de Jean, existem outras várias versões para a explicação da origem e de quando surgiu o rapel, como ele foi utilizado pela primeira vez.

A mais famosa dentre todas essas teorias alternativas, talvez seja aquela que data do final do século XIX quando escaladores franceses exploravam os cânions e cavernas dos Pirineus (montanhas que separam o norte da Espanha do sul da França), criando então uma técnica para descida mais segura.

Essa técnica fica conhecida novamente na França, já sendo disseminada, e Jean a torna como uma forma de lazer, ou seja, um esporte radical.

Origem do Rapel: entenda seu início!

Historicamente falando, podemos afirmar com base em pesquisa de estudiosos que o rapel foi efetuado sem sistema de freios.

Portanto, o freio era ativado por meio das mãos do escalador, o que não durou por muito tempo, dado os problemas que o atrito com a corda traziam até mesmo em curto prazo.

Muitos alpinistas acabaram por perder a vida devido a falta de segurança no início do rapel.

Origem e História do Rapel no Brasil

Aqui no Brasil, a história do rapel ainda é bem recente, embora tenha sido utilizado como forma de desporto há mais de 150 anos na França.

Começou a ser praticado através de necessidade, pois espeleologistas precisavam entrar em cavernas ou cavidades no meio de montanhas.

Portanto, começaram a usar a técnica de maneira profissional.

Mas, a prática esportiva desse desporto radical é ainda mais recente, já que não existe nem mesmo uma confederação que regularize o mesmo no país.

Porém, os rapeleiros, como assim são chamados, encontram-se rotineiramente em confraternizações e encontros pra prática do rapel.

Assim, a história do rapel no Brasil vai se formando.

História do Rapel no Brasil
História do Rapel no Brasil

E então, o que achou de conhecer um pouco mais sobre a história do Rapel? Você é um praticante da modalidade? O que achou sobre o início, quando nem mesmo equipamento de segurança existia?

Conte a nós, comente abaixo!

Por favor, siga e goste de nós: