A História da Educação Física Escolar no Brasil

Saiba A História da Educação Física Escolar no Brasil tem íntima ligação com todo o desenvolvimento do país, por mais que apareça como coadjuvante por muito tempo.

Olá, vamos falar tudo sobre a História da Educação Física Escolar no Brasil, veja a origem o começo da matéria no ensino do nosso país.

Hoje falaremos um pouco melhor sobre a história da educação física escolar no Brasil, uma matéria muito importante no desenvolvimento curricular de todas as crianças e adolescentes.

Afinal, a atividade física faz bem a saúde de todo e qualquer ser humano, portanto, é de suma importância que ela esteja presente em nossas vidas desde pequenos.

Os gregos foram um dos primeiros a institucionalizar a educação física como educacional e geradora de valor dentro de uma sociedade.

Assim como fizeram os chineses milênios antes, porém em contextos totalmente diferentes um do outro. Isso ressalta a importância da educação física escolar.

Ela existe desde as academias de Platão, quando o mesmo conciliava estudos de filosofia com práticas corporais, ainda que rudimentares.

Mas, com o tempo passando e tudo se desenvolvendo, a educação física escolar tomou seu caminho, principalmente na história do Brasil.

Veremos que conforme os anos foram passando, elas foram se adequando de acordo com a necessidade imposta pelo próprio governo brasileiro.

Ela é separada em etapas concisas, portanto, preste atenção a cada uma delas caso esteja interessado em saber qual é a história da educação física escolar aqui em nosso país.

E então, quer conhecer mais sobre a História da Educação Física Escolar no Brasil? Acompanhe-nos até o final e deixe seu comentário.

Afinal, sua opinião é de suma importância pra que continuemos a trazer um conteúdo de qualidade aqui pro blog. Sem maiores delongas, vamos lá. Leia conosco!

Períodos da Educação Física Escolar Brasileira

Como mencionamos logo acima, a educação física é separada por momentos específicos na construção da cultura brasileira.

Auxiliando da maneira com que o governo que exercia poder achava necessário para a época. Abaixo separamos cada período em um tópico em particular.

Leia conosco:

Educação Física Escolar Militarista

O processo da história da educação física dentro de instituições de ensino, as ditas escolares, se dá no início da metade do século XX.

Neste período, mais especificamente em 1921, foi sancionado um decreto que colocava em vigor o famoso “Método Francês”.

Em resumo, a história da educação física é iniciada na escola através de atividades que visassem criar bons combatentes, fortes e saudáveis.

Bons o suficiente, para caso necessário, estivessem então preparados a qualquer guerra que o Brasil pudesse entrar em disputa.

Militarista
Militarista

Educação Física Escolar Higienista

Ao mesmo tempo que decretos e sanções eram aceitos em prol de uma educação física militar, aumentava-se a preocupação por parte do governo em relação a saúde do cidadão.

Mas, novamente, tudo isso era aliado necessidade de ter soldados fortes. A prática higienista nasceu na Europa, em meados da década de 90 do século XIX, se estendendo até 1930.

No caso, aqui no Brasil ela perdurou até o início dos anos 40, sob comando do governo Vargas, quando ainda era conhecida como Ginástica.

A educação física escolar era encarada como preocupada com o saneamento público, na
busca de uma sociedade livre das doenças infecciosas.

Higienista
Higienista

História da Educação Física Escolar no Brasil: Período Pedagogicista

O período entre a saída de Getúlio Vargas em 1945 e volta em 1951, é marcado pela chegada da história da educação física escolar pedagogicista, embasada pelas teorias psicopedagógicas de Dewey e da sociologia de Durkheim.

Elas buscam levar a atividade física além de somente mexer o corpo, mas entender o aluno como um todo, buscando educá-lo pelo completo.

Então, a história no Brasil da educação esportiva se torna mais educacional, buscando promover atividades que moldassem o cidadão pra viver em harmonia numa sociedade que possui regras de conduta.

A história desse período no Brasil se estende até 1964, ano do golpe militar.

Émile Durkheim
Émile Durkheim

História Competitivista no Brasil

É chegada a era militar, e com ela os ensinamentos no âmbito escolar se assemelham com o início do século, buscando militarizar os alunos.

Além disso, o foco principal era na criação de heróis nacionais, que buscassem representar o país em Olimpíadas. As aulas comuns agora se tornam competitivas.

Surge então o treinamento esportivo de alta performance, e a educação física pedagógica some um pouco do mapa. Esse padrão se repete tanto no Brasil, quanto no resto do mundo.

Heróis nacionais
Heróis nacionais

História Escolar Popular

Chegamos então ao último estágio da história da educação física escolar no Brasil, a popular, que vemos em ação até os dias de hoje.

Ela é marcada pelo início pós ditadura militar, quando generais saem do poder e a educação recebe maior empenho político.

Dessa forma, as aulas se tornam mais lúdicas, carregando um pouco de cada período, porém de maneira equilibrada visando manter a sanidade mental das crianças.

A pedagogia está presente criando alunos responsáveis, a higienista criando cidadãos saudáveis, a competitivista criando atletas, e por fim a popular traz a ludicidade da matéria no âmbito escolar.

Vale lembrar que o conselho federal de educação física foi criado apenas em 1998 após todo o processo de trocas.

Popular
Popular

E então, o que achou de conhecer melhor sobre a história da educação física escolar no Brasil? Qual a sua opinião sobre as tendências pedagógicas? Qual acredita ser a mais eficaz pro aprendizado das crianças na escola?

Conte a nós, comente abaixo. Até a próxima!

Por favor, siga e goste de nós: