Fernanda Young (Biografia)

Fernanda Young

Fernanda Maria Young de Carvalho Machado. Conhecida como Fernanda Young, foi escritora, roteirista, apresentadora e atriz brasileira.

Sumário
1 síntese biográfica
1.1 vida pessoal
1.2 morte
2 Fontes

Nome completo Fernanda María Young de Carvalho Machado
Nascimento 1 de de 1970
NiteróiBandera do Brasil Brasil
Morte 25 de agosto de 2019
ParaisópolisBandera do Brasil Brasil
Pseudónimo Fernanda Young
Ocupação Atriz, romancista, apresentadora de TV, escritora e roteirista
Nacionalidade Brasileira
Cônjuge Alexandre Machado (desde 1993)
Descendência 4

Síntese biográfica
Nasceu em 1 de maio de 1970, em Niterói. Sua formação literária foi parcialmente constituída durante a travessia da Baía de Guanabara em ferries ou ônibus. Ele se dedicou aos livros em busca de melhor, influência e distração. Ele interrompeu seus estudos depois de se formar na escola primária e, em seguida, formou-se no ensino médio através de um suplemento de seis meses. Frequentou a Faculdade de Artes da Universidade Federal Fluminense, sem se formar. Ele ainda estuda jornalismo no Colégio Hélio Alonso e, depois de se mudar para São Paulo e começar sua carreira de escritora, se tornaria um estudante de rádio e televisão na FAAP, mas não terminaria nenhum dos cursos. Fernanda teria jurado nunca pisar em um campus universitário após os experimentos, mas posteriormente participou de Belas Artes na FAAP.

Em 1995 foi roteirista do programa de televisão a Comédia da vida Privada, de Rede Globo. No ano seguinte, Fernanda lançou seu primeiro romance, Vergonha dos Pés, que tem mais de quinze números. No ano seguinte lançou à Sombra de Vossas alças, que conta a história de amor, obsessão e vingança entre o fotógrafo Rigel (que reaparece no Livro de Aritmética) e a aspirante a top model Catarina, que tinha os direitos adquiridos por um produtor de Hollywood interessado em fazer um filme de história.

No início, os livros de Fernanda tiveram uma boa exposição na mídia por causa de sua personalidade peculiar, suas declarações controversas, sua obsessão com a cultura pop e sua aparência, geralmente com cabelos curtos, grandes tatuagens e, por um tempo, pulseiras de baquelite ostentosas.

Em 1998 lançou o romance Carta para Alguém Bem próximo, seguido de as Pessoas dos Livros (2000). Em 2001, após o lançamento de seu quarto romance, O Efeito Urano, Fernanda retomou sua carreira de escritor de televisão com os Normais. A série será exibida por dois anos na Rede Globo e culminará em um longa-metragem, lançado em 2003. Fernanda também participaria dos roteiros da pintura Supersincero (2005) no programa Fantastic e na série Minha Nada Mole Vida em 2006.

Entre 2002 e 2003, Young co-organizou, ao lado de Rita Lee, Monica Waldvogel e Marisa Orth, o programa feminino de Saia Justa no canal a cabo GNT. Seus próximos livros, o romance aritmético e a compilação poética Dor Do Amor Romântico, foram publicados respectivamente em 2004 e 2005. Escreveu uma coluna mensal na revista Claudia. Anunciou no canal GNT o programa Irritando Fernanda Young, talk show de celebridades de 2006 a 2010. Em maio de 2012, o programa Confissões do Apocalipse estreia no GNT, seguindo a linha de entrevistas com pessoas conhecidas, mas no contexto da Previsão maia do fim do mundo em 21 de dezembro de 2012, data de sua última exposição.

Em 2013, ele escreveu e atuou como um dos protagonistas da série Assorted na Yoga, com treze episódios na primeira temporada. A série conta a história de três mulheres, Jessica (Fernanda Young), Ana Maria (Flávia Bottle) e Marion (Anna Sophia Folch) que fazem yoga para “lidar com a loucura do mundo e sua própria loucura”. Devido ao sucesso e ao crescimento de 115% na audiência do GNT em abril de 2014, a segunda temporada foi lançada com mais treze episódios. Em outubro de 2014, após três temporadas, a série foi cancelada. Foi nomeada duas vezes para a melhor comédia nos Prêmios Emmy Internacional pela série Separação?! (Rede Globo, 2010) e como Aproveitar o Fim do Mundo (Rede Globo, 2012).

Fernanda Young posou nua para a edição brasileira da revista Playboy, lançada em novembro de 2009. Em maio de 2015, lançou seu décimo primeiro livro e a segunda poesia de sua carreira, intitulada “A Mão Esquerda de Vênus”, da Editora Globo. O lançamento ocorreu na Galeria Vermelho em São Paulo.

E seria na nova versão da TV Mulher com uma estréia agendada para 31 de maio de 2016 No Canal Viva. Ele lançou seu mais recente trabalho literário, “Estragos”, em outubro de 2016. O livro, que oferece dezoito contos inéditos do artista, escritos entre 1987 e 1995, dos dezesseis aos vinte e poucos anos, convida-a a conhecer o ícone de mulher jovem, buscando entre as palavras, sintonizando o escritor que conhecemos hoje. Fernanda Young publicaria uma nova obra, Ainda nada de Novo, programada para 12 de setembro no Centro Cultural de São Paulo. A peça tem um tema homogêneo e seria estrelado por ela e sua homônima, a atriz Fernanda Nobre. Pouco antes da morte de Fernanda Young, Veja SP publicou uma história anunciando o evento.

Vida pessoal
Em 1990 começou um relacionamento com o roteirista e escritor Alexandre Machado. Ambos se casaram em 1993. Juntos tiveram gêmeas, Cecilia Madonna e Estela May, nascidas em 19 de março de 2000, por cesariana, no Rio de Janeiro. Em 2007, novamente grávida de uma menina, ela teve um aborto espontâneo aos quatro meses de gestação. Muito afetada pelo episódio, ela decidiu, de acordo com seu marido, entrar na linha de adoção, em paralelo com um tratamento de fertilização, mas que ela não teve sucesso. Em 2010, ele foi capaz de adotar dois filhos: Catarina Lakshimi, nascida em 10 de novembro de 2008, e John Gopala, nascido em 21 de julho de 2009.

Em entrevistas, ela revelou que ela era uma garota muito deprimida, mas sem qualquer causa; isso a entristecia constantemente. Aos dez anos, ela cortou os pulsos, mas só começou o tratamento psicoterapêutico aos treze anos, quando foi diagnosticada com dislexia. Ela também revelou que ela foi estuprada aos dezesseis anos por seu primeiro namorado, e isso foi um trauma que a fez sair da escola e ficar isolada. Apenas aos vinte e quatro anos ele voltou para a escola e terminou o ensino médio, ao mesmo tempo em que foi diagnosticado com depressão e iniciou o tratamento com antidepressivos e ansiolíticos, medicamentos que ele tomou por mais de dez anos. Ao todo, ele decidiu manter uma vida saudável sem medicação, retornar à terapia, praticar exercícios físicos e meditação, o que aliviou os sintomas de sua depressão. Católica desde o seu nascimento, em 1996 tornou-se para o hinduísmo.

Morte
Fernanda teve asma desde a infância; ele sempre recebeu tratamento, mas devido a uma crise asmática súbita e grave, ele morreu em 25 de agosto de 2019, aos 49 anos. A artista hospedava – se no lugar de sua família em Gonçalves, Minas Gerais, onde sempre os visitava e descansava no meio da natureza. Depois de ficar doente e desmaiar em seu quarto, eles chamaram a ambulância, que a levou para o hospital mais próximo, localizado na cidade de Paraisópolis, e morreu de parada respiratória, que causou parada cardíaca durante a noite, pouco mais de uma hora após sua permanência na UTI. A escritora foi enterrada no cemitério de Congonhas, no sul de São Paulo, uma cidade onde viveu por quinze anos.

Fernanda Young (Biografia)
Rolar para o topo