Demócrito

Demócrito

Demócrito (460? -370? AC), filósofo grego, que desenvolveu a teoria atômica do universo, que tinha sido originada por seu mentor, o filósofo Leucipo.

Demócrito nasceu em Abdera, Trácia. Ele escreveu extensivamente, mas apenas fragmentos de suas obras permanecem. De acordo com sua exposição da teoria atômica da matéria, todas as coisas são compostas de partículas minúsculas, invisíveis e indestrutíveis de matéria pura (atoma, “indivisíveis”), que se movem eternamente no espaço vazio infinito (kenon,”o vazio”). Embora os átomos sejam feitos exatamente da mesma matéria, eles diferem em forma, tamanho, peso, sequência e posição. As diferenças qualitativas no que os sentidos percebem e o nascimento, decadência e desaparecimento das coisas são o resultado não de características inerentes aos átomos, mas de arranjos quantitativos de átomos. Demócrito via a criação de mundos como a consequência natural do movimento giratório incessante dos átomos no espaço. Os átomos colidem e giram, formando agregações maiores de matéria.

Demócrito
Demócrito

Demócrito também escreveu sobre ética, propondo a felicidade, ou “alegria”, como o bem maior – uma condição a ser alcançada por meio da moderação, tranquilidade e liberdade do medo. Em histórias posteriores, Demócrito ficou conhecido como o Filósofo que Ri, em contraste com o mais sombrio e pessimista Heráclito, o Filósofo que Chora. Sua teoria atômica antecipou os princípios modernos da conservação da energia e da irredutibilidade da matéria.

Demócrito
Rolar para o topo