Cidade de Porto Portugal

Porto Portugal

Porto é uma das mais importantes cidades portuguesas.

Localizada na região noroeste da península ibérica, é sede do município e do Distrito de Porto.

Porto Portugal
Porto Portugal

A cidade é considerada uma cidade global gama, isto é, uma cidade mundial e um centro estratégico mundial.

Igualmente é cidade capital do Distrito, da Área Metropolitana de Porto e da sub-região do Grande Porto.

Essa cidade junto com a cidade de Lisboa, é a segunda maior de Portugal.

Historia de Porto

Historicamente, é a cidade que deu o nome ao país. Tem suas origens num povoado pré-romano construído no século II antes de Cristo, sendo designado como Cale, Portus Cale ou Portucale.

No século VII a cidade de Porto foi praticamente destruída, após a invasão muçulmana, que tinha um dos seus principais lideres Abd al-Aziz ibn Musa.

Durante um século a cidade ficou praticamente em estado de abandono e desabitada, até que em 1868, uma retomada aconteceu graças ao Conde Vímara Peres, tornando-se a capital do Condado Portucalense na fase de reconstituição.

A localização estratégica da cidade como ponto de entrada às terras europeias fez dela alvo frequente de invasões e incursões armadas.

Tabela de Conteúdos
Reconstrução do Porto
Autonomia Administrativa do Porto
Outras Designações Meritórias do Porto
Porto Atualmente

Reconstrução do Porto

No século XII a cidade é refundada. Dona Teresa, entregou em doação ao bispo D. Hugo o couto da cidade. Assim, a cidade foi organizada como um burgo episcopal onde todas as outras construções funcionavam em função da catedral de Sé. A partir da edificação, as ruas e demais estruturas urbanas da cidade medieval foram configuradas.

Para defesa, foi construída também uma muralha, conhecida como a Muralha Sueva, da que na atualidade só se conservam uns trechos reconstruídos. No século seguinte Porto foi caracterizado pela sua expansão territorial.

Foi dentro dos muros da cidade que em 1387 aconteceu o casamento do Rei D. João I com a princesa inglesa D. Filipa de Lencastre, futuros pais do Infante D. Henrique, futuro Rei e conhecido como O navegador, nascido em 1394.

Autonomia Administrativa do Porto

Em 1406 se ratificou a autonomia administrativa da cidade, com o traspasso de Porto do bispado para a Coroa portuguesa, após dilatadas negociações entre o Rei D. João I e o bispo D. Gil Alma. Este acordo foi ratificado pelo Papa Inocêncio VII.

Ao longo dos séculos a cidade de Porto não pararia de crescer e de se afirmar como um ponto estratégico do país.

Nas batalhas do século XIX, desempenhou um papel fundamental ao resistir os ataques das tropas miguelistas durante a guerra civil de 1832-1834, em contribuição com os ideais do liberalismo.

Com motivo deste ato de valentia, a Rainha D. Maria II conferiu-lhe o título único de Invicta cidade do Porto.

Outras Designações Meritórias do Porto

É conhecida também como a Cidade da Virgem por ter sido doada ao bispo D. Hugo, no século XII.

Por seu Valor de Lealdade e Mérito a cidade Porto recebeu em 1916, a Grã Cruz da Ordem Militar da Torre e Espada.

Igualmente, hoje é conhecida com o epíteto de Antiga, Mui nobre, Sempre Leal e Invicta, alcunhas atribuídas ao longo dos séculos pelos atos de alta estima e coragem dos seus habitantes.

A região do centro de Porto em Portugal, foi classificado em 1996, como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Porto Atualmente

Em 2002, em conjunto com a cidade holandesa de Rotterdam foi nomeada como a Capital Europeia da Cultura, um evento criado pela União Europeia com o objetivo de fazer a promoção de uma cidade da união durante todo um ano, com a possibilidade de apresentar ao resto de Europa seu desenvolvimento cultural.

O plano cultural da cidade contemplava o investimento na recuperação dos espaços públicos e a construção de novas edificações, mas tudo o projeto gerou grande controvérsia pelos diferentes problemas na sua execução.

Na atualidade, a cidade de Porto apresenta um grande investimento em obras públicas, como a construção do Metro Porto, inaugurado em 2002 e cuja abrangência tem sido gradativamente aumentada.

Contudo, a cidade tem perdido habitantes para os concelhos periféricos e parte da importância política e econômica em favor de Lisboa.

Cidade de Porto Portugal
Rolar para o topo